Por que confiar no projeto AMA?

Todos os dias publicamos novos conteúdos e conquistamos um número cada vez maior de usuários. A equipe do portal AMA agradece a todos os usuários que acessam constantemente este site, que já é uma referência nacional sobre preservação ambiental e desenvolvimento sustentável. E lembre-se, não basta apenas conhecer os problemas, é necessário agir! Cada um fazendo sua parte, de forma consciente, ajuda a melhorar o ambiente em que todos nós vivemos.

Por que confiar no projeto AMA?

Em resposta às diversas mensagens recebidas pelo nosso formulário de contato, estamos fazendo essa publicação especial por se tratar de uma dúvida que muitas pessoas tem sobre o projeto e que é algo extremamente importante, visto que está relacionado com toda qualidade desse projeto.

Gostaríamos logo de início, esclarecer que isso não é propaganda, afinal não temos motivos para fazer publicidades falaciosas para termos novos seguidores, pois essa prática é para profecias! Assim como já esclarecemos em muitos artigos, aqui só difundimos a realidade, conteúdo de qualidade, nunca tentamos manipular os usuários, pelo contrário, sempre estamos dispostos a desenvolver o senso crítico de cada um, visto que somente com uma forte crítica em conjunto poderemos reverter a situação dos impactos ambientais enfrentados, minimizando-os até erradicá-los.

As mensagens que recebemos nos últimos dias, referem-se à idéia de por qual motivo acompanhar e participar do projeto AMAnatureza (Ajuda ao Meio Ambiente e Natureza) se há muitos outros projetos “semelhantes” com este e que parecem já ser mais populares? Enfim, não temos por objetivos criticar outros trabalhos, até porque quanto mais projetos ambientais são criados, todos só tem a ganhar, afinal, projetos ambientais deviam ter por objetivos difundir a conscientização ambiental e ainda com focos externos como pressionar autoridades por leis que favoreçam a preservação ambiental e empresas à serem ecologicamente corretas.

Entretanto, reparem nos seguintes itens do parágrafo anterior: a palavra semelhantes escrita entre aspas e a incerteza ao dizer que projetos ambientais deviam ter aqueles objetivos. O fato a ser explicado é o seguinte, muitos estão se aproveitando da situação crítica de nosso planeta em relação com as catástrofes ambientais provocadas por uma intensa degradação ambiental para manipular as pessoas.

Essa manipulação é comum nas mídias de comunicação massivas, ou seja, não incluímos somente a Internet, mas assim como também já abordamos, TV, rádios, jornais, revistas e até livros podem conter informações que levem o usuário a crer em algo irreal ou que apresenta excertos de justificativas incorretas. Não por falta de conhecimento do escritor, mas pelo “sub-objetivo”, a idéia mascarada de tentar lucrar com informações falaciosas. Ao manipular seus usuários com maior facilidade, conseguirá um público que aceita o que essa mídia está oferecendo sem questionar.

Ao utilizar um tema popular e altamente difundido na atualidade como “Aquecimento Global”, “Preservação Ambiental”, torna-se fácil escrever informações fantásticas, assustadoras, curiosas, mas infelizmente, todas irreais ou de baixa importância, e conseguir com que muitos acreditem e passem a ser “fiéis sem contestar”.

Este é o maior problema! Assim, se oferecerem algum produto ou marca para se idolatrar com justificativas absurdas do tipo, “esta é a solução única e definitiva para utilizar muita energia sem comprometer o meio ambiente e salvar a humanidade”, o usuário estará acreditando em algo que pode ser maravilhoso, entretanto não é real.

Achamos excelente que o público de usuários do AMA seja crítico como vem se apresentando, indagando questões como a que estamos abordando neste momento, que refere-se à credibilidade e realidade de conteúdos e objetivos desse próprio projeto.

É muito provável que se apenas disséssemos itens bons desse projeto ou características negativas de muitos outros, os usuários simplesmente deixassem de ver como uma informação de qualidade, pois seria como uma propaganda contra concorrentes. Então é importante esclarecer isso comprovando de fato o que podemos observar e deixar que vocês mesmos tirem suas conclusões.

Ressaltamos novamente que não vemos como concorrências outros projetos ambientais, assim como ONG’s ou empresas que apóiam essa questão, o que criticamos e sugerimos que devem ser ignorados são os projetos que usufruem de tal questão para influenciar pessoas a seguirem suas ideologias e prejudicar muitos outros ao seu redor.

E como analisar se um projeto, conteúdo, escritor, empresa, grupo, quer de fato reverter as situações ambientais conscientizando as pessoas e não apenas manipular para se aproveitar da situação em seu favor?

Não é difícil distinguir falsos projetos ambientais. Para isso é importante que o usuário tenha atenção, não se deixe levar por qualquer coisa. Primeiramente, alguém que tenta manipular outras pessoas, jamais colocaria em prática questões como essas para abordar sobre seu projeto ambiental e a relação que apresenta com outros meios externos, como em relação à política, indústria, economia, sociedade, tecnologia. Por exemplo, ao analisar as informações sobre um projeto deve notar-se com facilidade objetivos sólidos e maneiras para alcançá-los.

Um site sem objetivos com certeza deseja manipular pessoas para obter lucros, seja através de vendas comerciais, de espaços publicitários, de parcerias com indústrias de políticas ambientais e sociais desconhecidas ou seja, mascaram seus objetivos pois na verdade não tem nenhum compromisso com o meio ambiente. Alguns ainda se julgam com a capacidade de forjar objetivos falsos, entretanto, se não mostrarem como pretendem alcançar esses objetivos, torna-se óbvia a intenção de idéias secundárias.

Enfim, lembramos que a percepção vale muito do conhecimento de cada usuário e como utiliza esse conhecimento, assim sendo, se você leu uma mesma informação em diversos meios de comunicação e encontrou um conteúdo dizendo o oposto ou com determinadas idéias discrepantes, pode ser que seja um fato real sim, entretanto, se não explicarem com argumentos sólidos, com base em pesquisas, análises, estudos, projeções, observações e outras citações, torna um texto falacioso, visto que não tem comprovação científica.

Com isso, encerramos por aqui nossas explicações, e deixamos para você, usuário e leitor crítico a análise sobre este e qualquer outro projeto que encontrem, verificando assim a procedência das informações difundidas que torna apto afirmar se o projeto tem por objetivo a preservação ambiental ou se deseja manipular as pessoas.

*Inclusive, podem deixar comentários públicos sobre a decisão de cada um de vocês. E se preferirem, sempre que tiverem alguma dúvida deste tipo, não deixem de enviar.

Agradecemos aos leitores críticos e conscientes, que ajudam não apenas a tornar um projeto de melhor qualidade, mas a formar um planeta sustentável.

Sobre

Maurí­cio MachadoBiólogo e ambientalista, responsável pelo projeto AMAnatureza e articulista com fundamentos e conhecimento para discutir assuntos voltados ao meio ambiente com uma visão crítica, analisando o tema de maneira radical e completa.Ver todas as publicações de Maurí­cio Machado »

  1. janaína (jane)
    janaína (jane)mar 16, 2008

    o que esse conteúdo tem a ver com o meio ambiente?

  2. Maurí­cio Machado
    Maurí­cio Machadomar 16, 2008

    Ola Janaína. Apesar de ser um projeto Ambiental, o AMAnatureza tem como um dos objetivos a conscientização das pessoas. Para isso, não basta apenas escrever sobre os problemas ambientais que estamos enfrentando, soluções para minimizá-los, etc. É necessário explicar também sobre todo poder que os usuários podem ter, mas para isso é preciso não apenas ter conhecimento do momento crítico que estamos enfrentando, mas utilizar seus conhecimentos para reverter a situação.

    Por isso é necessário saber a qualidade e a realidade dos conteúdos, e nesse artigo, explicamos como um usuário pode analisar a credibilidade de um projeto e saber se de fato não desejam manipular as pessoas.

  3. Martinelli
    Martinellimar 17, 2008

    Senhor Maurício, venho expor neste comentário minha análise sobre o projeto AMA. Sem dúvida, desde o início apóio este projeto. Cada artigo que leio, minhas expectativas aumentam ainda mais sobre a qualidade desse projeto e são sempre comprovadas com os melhores recursos que vocês oferecem, atualizações e comprometimento real com o meio ambiente. Vocês estão de parabéns e tenho certeza que todos os usuários podem confiar neste projeto, desde profissionais liberais, empresários, até professores que podem difundir grande parte do conteúdo aqui abordado.

  4. Augusto Alves
    Augusto Alvesmar 18, 2008

    tambem apoio esse projeto. leio periodicamente os artigos, gosto muito e com base no que vc escreveu hj, descartei varios sites e programas de tv que vivem escrevendo mentiras so pra impressionar o publico e lucrar com isso.

  5. Maurí­cio Machado
    Maurí­cio Machadomar 19, 2008

    Agradeço aos apoios que os usuários estão demonstrando!
    – Martinelli: Excelente observação, esperamos sempre aumentar suas expectativas e realizá-las neste projeto. E apenas um detalhe: “até professores que podem difundir grande parte do conteúdo aqui abordado” – na verdade, não grande parte, mas TODO conteúdo pode ser utilizado como em propostas educacionais, palestras, grupos de trabalhos, empresas, etc.

    – Augusto Alves: Ótima atitude. Esse é um dos nossos objetivos, fazer os usuários eliminarem os conteúdos falaciosos de suas vidas, pois já estamos vivendo uma situação delicada e que exige muito esforço de todos, então não podemos perder tempo sendo desviados com questões errôneas.

  6. CARLA
    CARLAmar 14, 2009

    NO ANO PASSADO COMECEI UM PROJETO VOLUNTÁRIO NO CONDOMÍNIO QUE MORO RECICLARTE,COM CRIANÇAS DE 7-12 ANOS , E RECOMEÇAREI AGORA FINAL DE MARÇO AS AULAS, RECICLAMOS MATERIAIS COMO PET PRINCIPALMENTE PARA FAZER ARTESANATO,E PODER NO FUTURO VENDER ESSES OBJETOS PARA UM FUNDO PARA AS CRIANÇAS, A DIRETORIA DO CONDOMÍNIO AUTORIZOU QUE EU GUARDASSE ESSE MATERIAL EM UM ESPAÇO,EMBAIXO DA PISCINA,E HOJE ME DEPARO COM TODO O MATERIAL SENDO JOAGADO NO LIXO SEM AVISO PRÉVIO, POR UMA REUNIÃO QUE FIZERAM,ESSE MATERIAL ESTAVA TODO LAVADO E EMBALADO, CONSEGUIRAM SUJAR TODO ELE E MISTURAR COM O LIXO DA LIXEIRA (ORGÂNICO) O QUE POSSO FAZER? TIVE QUE CHAMAR A POLÍCIA PARA OBTER O MATERIAL QUE TRABALHO COM AS CRIANÇAS DE VOLTA, QUE ORGÃO QUE DEVO PROCURAR PARA ME AJUDAR?O QUE DEVO FAZER?
    CARLA

Deixar uma Resposta

Você precisa estar logado para publicar um comentário.