Ano de 2008 foi o mais frio no planeta desde 2000

Todos os dias publicamos novos conteúdos e conquistamos um número cada vez maior de usuários. A equipe do portal AMA agradece a todos os usuários que acessam constantemente este site, que já é uma referência nacional sobre preservação ambiental e desenvolvimento sustentável. E lembre-se, não basta apenas conhecer os problemas, é necessário agir! Cada um fazendo sua parte, de forma consciente, ajuda a melhorar o ambiente em que todos nós vivemos.

Ano de 2008 foi o mais frio no planeta desde 2000

BBC Brasil – Publicado na Agência Brasil

Especialistas em clima do Instituto de Estudos Espaciais Goddard da Nasa (Giss) revelaram que 2008 foi o ano mais frio no planeta desde 2000. Segundo a Organização Meteorológica Mundial (WMO), a temperatura média global no ano passado foi de 14,3 graus centígrados.

Essa média, entretanto, continua alta em comparação com as temperaturas de décadas anteriores. Os dez anos mais quentes já registrados desde a primeira medição global de temperaturas, em 1880, estavam entre 1997 e 2008 – anos em que esquentou também a discussão sobre o papel da atividade humana no aquecimento global.

Por isso, apesar de ter sido “o ano mais frio” dos últimos oito anos, 2008 foi o nono ano mais quente entre os últimos 128 anos. A análise do Giss revelou que a temperatura do ar em 2008 foi 0,44 grau centígrado acima da temperatura média global do período entre 1951 e 1980 – usado como base no estudo.

Os cientistas afirmam que a diferença de temperatura de um ano para outro pode não ser muito representativa. “O ranking tem significado científico em alguns casos, tais como quando um novo recorde é estabelecido”, disse o diretor do instituto, James Hansen. “Mas o ranking também pode ser enganoso porque a diferença em temperatura entre um ano e outro costuma ser menor do que as flutuações da média global.”

Segundo os especialistas da Nasa, a média da temperatura em 2008 no mundo foi mais fria em relação aos anteriores graças à ação do fenômeno La Niña no Oceano Pacífico.

A maior parte do planeta, no entanto, registrou temperatura normal ou maior do que o de costume em 2008. A Europa, a Ásia, o Ártico e a Península Antártica tiveram temperatura excepcionalmente mais alta, enquanto boa parte do Oceano Pacífico teve temperatura mais baixa do que a média no longo prazo.

O La Niña e o El Niño são duas correntes oceano-atmosféricas que atingem o Pacífico e podem afetar o clima globalmente. La Niña é uma fase fria. A mais quente é El Niño, que costuma seguir La Niña dentro de um ano ou dois. La Niña baixa as temperaturas em todo o mundo em até 1 grau.

No passado, La Niña foi responsável por chuvas torrenciais na Austrália e pelas temperaturas mais baixas já registradas na China.

“Dada a nossa expectativa de que o próximo El Niño vai começar este ano ou em 2010, parece provável que um novo recorde na temperatura global do ar será estabelecido nos próximos um ou dois anos”, disse James Hansen.

Agência Brasil

Sobre

- Redação AMA

Esta notícia foi selecionada pela redação do site AMAnatureza e disponibilizada aos leitores do projeto citando a fonte e créditos autorias de acordo com os direitos de divulgação estabelecidos pela instituição responsável.

Ver todas as publicações de - Redação AMA »

Deixar uma Resposta

Você precisa estar logado para publicar um comentário.