Declaração de Lima não expressa posições firmes sobre temas sociais e energéticos

Todos os dias publicamos novos conteúdos e conquistamos um número cada vez maior de usuários. A equipe do portal AMA agradece a todos os usuários que acessam constantemente este site, que já é uma referência nacional sobre preservação ambiental e desenvolvimento sustentável. E lembre-se, não basta apenas conhecer os problemas, é necessário agir! Cada um fazendo sua parte, de forma consciente, ajuda a melhorar o ambiente em que todos nós vivemos.

Declaração de Lima não expressa posições firmes sobre temas sociais e energéticos

Brasil lançará ofensiva internacional a favor dos biocombustíveis, diz Marco Aurélio Garcia

Yara Aquino
Enviada especial

O assessor especial da presidência da República, Marco Aurélio Garcia, afirmou hoje (16) que o governo brasileiro lançará uma “ofensiva” internacional para obter apoio a produção dos biocombustíveis.

“Vamos continuar na nossa política, estamos obtendo cada vez mais adesões e vamos fazer uma ofensiva publicitária internacional para esclarecer isso”, afirmou Garcia que participa em Lima, no Peru, da 5ª Cúpula América Latina, Caribe e União Européia, onde um dos temas em discussão é a energia.

Segundo ele, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva está convencido de que os biocombustíveis são a melhor alternativa para a preservação ambiental. “Cada um saberá dizer se os biocombustíveis servem para seu país ou não. Para o Brasil, serve”, disse.

Garcia reforçou a declaração dada por Lula na noite de ontem (15), ao chegar a Lima, de que as empresas petrolíferas não têm interesse na expansão do uso dos biocombustíveis.

O assessor especial da presidência também comentou a notícia de que a Interpol afirmou serem verdadeiras as informações encontradas no computador do líder assassinado das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), Raúl Reyes, que liga o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, à guerrilha colombiana.

“A única informação que tive é que se uma pessoa ficar lendo 100 páginas por dia, vai levar anos para constatar tudo que está ali. Não é uma coisa sobre a qual temos possibilidade de qualquer reação no momento atual”, avaliou Garcia.

Questionado por jornalistas se o presidente Lula continua sendo o principal garoto-propaganda dos biocombustíveis, Marco Aurélio Garcia respondeu: “Não sei se é principal garoto-propaganda e, se há alguma tendência depreciativa nessa expressão, digo que para nós não tem esse significado”.

 

Declaração de Lima não expressa posições firmes sobre temas sociais e energéticos

Yara Aquino
Enviada especial

A Declaração de Lima, assinada hoje (16) pelos chefes de Estado ao final da 5ª Cúpula América Latina, Caribe e União Européia, enfatiza a prioridade de integração entre os blocos econômicos da América Latina e do Caribe com a União Européia.

O texto, no entanto, não expressa posições firmes sobre temas sociais ou energéticos, como os biocombustíveis. No documento, há também recomendações nas áreas ambientais e sociais, mas sem estabelecer metas.

Um dos parágrafos trata das ações de cooperação energética relacionada a fontes de energia limpas e renováveis e apenas propõe o trabalho conjunto na conscientização sobre o impacto ambiental de sistemas não sustentáveis de consumo de energia.

Também sobre meio ambiente, há a recomendação para que as nações encontrem alternativas que viabilizem o crescimento econômico com uso menos intenso do carbono e que reduzam os mpactos das mudanças climáticas. O manejo sustentável do meio ambiente também é proposto na declaração.

No campo social, estabelece o compromisso de melhorar a qualidade de vida por meio de alternativas como o crescimento econômico acompanhado de distribuição de renda, a formalização da economia e o acesso a saneamento e água potável.

Sobre imigração, propõe a construção de um modelo que compreenda a contribuição dos imigrantes para as sociedades receptoras e a responsabilidade compartilhada entre os países de onde saem e onde vivem os imigrantes.

A 5ª Cúpula América Latina, Caribe e União Européia começou no dia 13 e foi encerrada hoje.

Agência Brasil

Sobre

Maurí­cio Machado

Biólogo e ambientalista, responsável pelo projeto AMAnatureza e articulista com fundamentos e conhecimento para discutir assuntos voltados ao meio ambiente com uma visão crítica, analisando o tema de maneira radical e completa.

Ver todas as publicações de Maurí­cio Machado »

Deixar uma Resposta

Você precisa estar logado para publicar um comentário.