Discussão sobre efeito estufa e empresas qualificadas para leilão de linhas de energia

Todos os dias publicamos novos conteúdos e conquistamos um número cada vez maior de usuários. A equipe do portal AMA agradece a todos os usuários que acessam constantemente este site, que já é uma referência nacional sobre preservação ambiental e desenvolvimento sustentável. E lembre-se, não basta apenas conhecer os problemas, é necessário agir! Cada um fazendo sua parte, de forma consciente, ajuda a melhorar o ambiente em que todos nós vivemos.

Discussão sobre efeito estufa e empresas qualificadas para leilão de linhas de energia

Encontro em Foz do Iguaçu discute gases do efeito estufa em reservatórios

Agência Brasil

O Parque Tecnológico Itaipu, em Foz do Iguaçu, promove hoje (4) e amanhã o 2º Workshop sobre Emissão de Gases de Efeito Estufa em Reservatórios. A iniciativa, da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), conta com o apoio do Banco Mundial, da Itaipu Binacional e da International Hydropower Association (IHA), entidade voltada à promoção da hidroeletricidade sustentável.

O encontro dá continuidade ao 1º Workshop que a Unesco realizou em dezembro de 2006, em sua sede em Paris. Estarão reunidos cientistas e especialistas do Brasil e do exterior que estudam o tema de emissão de gases de efeito estufa em reservatórios, bem como representantes de diversas entidades nacionais e internacionais interessadas em acompanhar as discussões do assunto.

Entre as atividades do encontro estão a discussão de recentes trabalhos científicos sobre o tema, identificação das informações que podem ser consolidadas até o momento e indicação dos futuros caminhos de pesquisa para complementação do conhecimento necessário.

Agência pré-qualifica empresas para leilão de linhas de energia em dez estados

Nielmar de Oliveira
Repórter da Agência Brasil

Vinte e sete empresas estão pré-qualificadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para participar, individualmente ou em consórcio, do leilão de concessões de sete novas linhas de transmissão e de três subestações, a ser realizado em 7 de novembro. A estimativa é que os empreendimentos custem R$ 1,051 bilhão.

A lista das empresas pré-qualificadas foi publicada pela Comissão Especial de Licitação da Aneel na edição de hoje (4) do Diário Oficial da União. Vinte e nove empresas entregaram a documentação para a pré-qualificação, em 21 de setembro.

De acordo com nota divulgada pela Aneel, as linhas serão construídas em dez estados – Alagoas, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Sul, Sergipe e Tocantins – e vão somar 1.930 quilômetros à Rede Básica do Sistema Interligado Nacional (SIN).

Das 27 empresas pré-qualificadas pela agência, cinco são espanholas e 22, brasileiras. Como já havia ocorrido em licitações passadas, as empresas espanholas – que ganharam o maior número de linhas de transmissões nos leilões anteriores – voltarão a participar do processo, tendo se habilitado a participar de todos os sete lotes que serão ofertados no dia 7 de novembro.

Entre as empresas pré-qualificadas estão as espanholas Isolux Wat, Cobra Instalacioes, Abengoa e as estatais brasileiras Eletronorte e Eletrosul.

O leilão será realizado na Bolsa de Valores do Rio de Janeiro, em sessão pública conduzida pela Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). A construção das linhas deverá ser concluída em prazos que variam de 15 a 21 meses, a partir da assinatura dos contratos de concessão.

Segundo a nota da Aneel, a próxima etapa do processo será o recolhimento da garantia de proposta, marcada para o dia 6 de novembro, na Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia (CBLC), em São Paulo.

Agência Brasil

Sobre

Maurí­cio MachadoBiólogo e ambientalista, responsável pelo projeto AMAnatureza e articulista com fundamentos e conhecimento para discutir assuntos voltados ao meio ambiente com uma visão crítica, analisando o tema de maneira radical e completa.Ver todas as publicações de Maurí­cio Machado »

Deixar uma Resposta

Você precisa estar logado para publicar um comentário.