Emissão de poluentes e produção de biodiesel

Todos os dias publicamos novos conteúdos e conquistamos um número cada vez maior de usuários. A equipe do portal AMA agradece a todos os usuários que acessam constantemente este site, que já é uma referência nacional sobre preservação ambiental e desenvolvimento sustentável. E lembre-se, não basta apenas conhecer os problemas, é necessário agir! Cada um fazendo sua parte, de forma consciente, ajuda a melhorar o ambiente em que todos nós vivemos.

Emissão de poluentes e produção de biodiesel

Detran de São Paulo vai fiscalizar a emissão de poluentes em 2,5 milhões de veículos

Vinicius Konchinski
Repórter da Agência Brasil

Cerca de 2,5 milhões de veículos que circulam pela cidade de São Paulo terão de verificar a quantidade de emissão de poluentes durante o ano que vem. Em 2009, a prefeitura da capital paulista vai ampliar o programa de inspeção veicular e fiscalizar também motos e alguns veículos movidos a álcool, gasolina e gás, além dos veículos a diesel que já são inspecionados desde maio.

De acordo com a Secretaria Municipal de Verde e Meio Ambiente, 317 mil veículos a diesel, 770 mil motos e 1,5 milhão de automóveis terão de passar pela inspeção anual obrigatória. Estão dispensados somente os veículos movidos a álcool, gasolina e gás fabricados antes de 2003, que terão suas emissões monitoradas nas ruas da cidade.

Os proprietários deverão agendar inspeção de seus veículos até 90 dias antes do prazo de licenciamento do seu automóvel ou moto. A inspeção custa R$ 52,73, porém a prefeitura promete devolver o valor caso o veículo seja aprovado no teste.

Os veículos que não compareceram à inspeção, assim como os automóveis reprovados no teste terão o licenciamento bloqueado no Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP). Eles também estarão sujeitos à multa de até R$ 550.

Ainda segundo a secretaria, 38 mil veículos foram inspecionados em 2008. Do total de veículos verificados, 83% foram aprovados.

 

Usinas de biodiesel da Petrobras ultrapassam meta de produção em 2008

Nielmar de Oliveira
Repórter da Agência Brasil

A Petrobras informou terça-feira (30) que as usinas de biodiesel de Candeias (BA) e de Quixadá (CE) superaram suas metas de produção previstas para 2008.

Segundo a empresa, as duas unidades – operadas pela  Petrobras Biocombustível – chegam ao final deste ano com uma produção total de 8,8 milhões de litros de biodiesel entregues ao mercado, ultrapassando os 8 milhões de litros vendidos nos dois leilões de biodiesel realizados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) neste segundo semestre do ano.

As duas usinas iniciaram sua produção em outubro deste ano, marcando a entrada da Petrobras na produção comercial de biodiesel.

“Em três meses, Candeias e Quixadá entregaram, cada uma, 4,4 milhões de litros de biodiesel. A Usina de Candeias – a primeira que foi inaugurada, em 29 de julho passado – já iniciou a entrega antecipada do biodiesel vendido no 12º leilão, contratado para o 1º trimestre de 2009”, informa a Petrobras.

A empresa informa ainda que a sua terceira usina de biodiesel já está em fase de condicionamento operacional e deve iniciar produção em janeiro do próximo ano, no município de Montes Claros (MG).

Juntas, as três usinas têm capacidade de produzir 170 milhões de litros de biodiesel por ano.

A primeira produção comercial de biodiesel comercializado no leilão da ANP foi entregue pela Petrobras em 3 de outubro deste ano. O carregamento, com 44,78 mil litros de biodiesel, saiu da Usina de Candeias, na Bahia.

A Usina de Candeias tem capacidade para produzir 57 milhões de litros de biodiesel por ano.

Agência Brasil

Sobre

- Redação AMAEsta notícia foi selecionada pela redação do site AMAnatureza e disponibilizada aos leitores do projeto citando a fonte e créditos autorias de acordo com os direitos de divulgação estabelecidos pela instituição responsável.Ver todas as publicações de - Redação AMA »

Deixar uma Resposta

Você precisa estar logado para publicar um comentário.