Ibama alerta para o tráfico de animais silvestres no período de férias

Todos os dias publicamos novos conteúdos e conquistamos um número cada vez maior de usuários. A equipe do portal AMA agradece a todos os usuários que acessam constantemente este site, que já é uma referência nacional sobre preservação ambiental e desenvolvimento sustentável. E lembre-se, não basta apenas conhecer os problemas, é necessário agir! Cada um fazendo sua parte, de forma consciente, ajuda a melhorar o ambiente em que todos nós vivemos.

Ibama alerta para o tráfico de animais silvestres no período de férias

Gláucia Gomes
Repórter da Agência Brasil

Um levantamento feito pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) aponta que o tráfico e o comércio ilegal de animais silvestres têm como principal rota as rodovias federais. Esse crime ambiental aumenta significativamente nos períodos de férias e feriados prolongados.

No dia 28 de dezembro, o Ibama, a Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Militar Ambiental do Distrito Federal realizaram a campanha “Viagem Legal é viagem sem mico” para esclarecer a população que é crime o tráfico de animais silvestres.

Segundo o superintendente interino do Ibama Guilherme Almeida, é importante que as pessoas voltem das férias sem levar para a cidade onde moram animais da fauna brasileira ou plantas nativas.

“É crime você ter um animal sem a devida licença e autorização do Ibama. O objetivo dessa campanha é justamente tentar explicar às pessoas que o papagaio é um animal silvestre, que não se pode ter esse animal sem que ele esteja devidamente licenciado. Muitas pessoas falam que não sabiam e nós estamos tentando conscientizar para depois não ter que tomar uma atitude punitiva”.

Almeida acrescentou que quem tem esses animais em casa e não sabia que eram silvestres deve fazer a entrega voluntária ao Ibama. Nesses casos, não há punição.

A compra ou captura de animais silvestres são crimes cuja multa varia de R$ 3.500 mil a R$ 5 mil e pena de dois à cinco anos de detenção.

O telefone da linha verde do Ibama para denunciar quem vende, comercializa ou estiver com animais silvestres irregulares é 0800.618080.

Agência Brasil

Sobre

Maurí­cio MachadoBiólogo e ambientalista, responsável pelo projeto AMAnatureza e articulista com fundamentos e conhecimento para discutir assuntos voltados ao meio ambiente com uma visão crítica, analisando o tema de maneira radical e completa.Ver todas as publicações de Maurí­cio Machado »

Deixar uma Resposta

Você precisa estar logado para publicar um comentário.