Ondas de calor anunciam temperaturas recordes na Europa

Todos os dias publicamos novos conteúdos e conquistamos um número cada vez maior de usuários. A equipe do portal AMA agradece a todos os usuários que acessam constantemente este site, que já é uma referência nacional sobre preservação ambiental e desenvolvimento sustentável. E lembre-se, não basta apenas conhecer os problemas, é necessário agir! Cada um fazendo sua parte, de forma consciente, ajuda a melhorar o ambiente em que todos nós vivemos.

Ondas de calor anunciam temperaturas recordes na Europa

O aumento repentino da temperatura durante alguns dias, fenômeno conhecido como ondas de calor, atingiram nesta sexta-feira, 22, o sudeste da Europa ocasionando até o momento 30 mortes, registrando temperaturas de 40ºC em Atenas e com o recorde de 45ºC na Ilha de Rodes.

A Romênia foi atingida de forma intensa, sendo que 19 pessoas morreram de causas relacionadas ao excessivo calor nos últimos dias, incluindo 14 mortes na capital (Bucareste), de acordo com o Ministério da Saúde, e ainda um homem se afogou enquanto nadava em um rio para se refrescar da intensa temperatura.

Dezenas de vilas no oeste romeno estão sem eletricidade devido a tempestades que caíram à noite. O Centro de Situações Emergenciais da Romênia adverte sobre as altas temperaturas ao longo do fim-de-semana e ainda podem intensificar as tempestades e chuvas na região.

Na Sérvia, médicos informam pelo menos sete mortes relacionadas ao calor nos últimos dias e as autoridades pedem que as pessoas evitem sair de casa. Porém muitas vezes isso não é possível devido a rotinas de trabalho, como o que ocorreu na Albânia, em que pelo menos três pessoas morreram devido ao calor, incluindo uma agricultora de 43 anos que caiu morta enquanto trabalhava na lavoura. Na cidade de Kucove, a 110 km da capital, Tirana, centenas de crianças foram levadas a postos de saúde, e o Ministério da Saúde ordenou a instalação emergencial de equipamentos de ar-condicionado em todo o país.

Na Macedônia, as temperaturas também se aproximam dos 40º C, e autoridades informam diversos telefonemas para serviços de resgate, principalmente de idosos com problemas cardíacos e respiratórios.

Com esta súbita mudança climática temporariamente na região, também influenciou o sistema de fornecimento de eletricidade, em especial na Grécia e na Albânia, havendo dificuldades para manter o fornecimento suficiente de acordo com a demanda do recurso. Isso ocorre devido ao uso constante de equipamentos como o ar-condicionado, atingindo o primeiro pico do ano em sua utilização. A previsão de meteorologistas é que este seja o junho mais quente dos últimos 90 anos, e que a Grécia está encaminhando-se para o verão mais quente dos últimos 25 anos.

Veja a imagem abaixo (NASA) com alterações na temperatura da Europa em relação à médias do ano de 2003:

Variação de temperatura na Europa

Artigo relacionado:

Retratos científicos numéricos do aquecimento global

Neste artigo relacionado é informado sobre a onde de calor de 2003 que atingiu gravemente a Europa, registrando 18 mil mortes, sendo aproximadamente 15 mil na França e 3 mil na Itália, a relação deste fenômeno com o aquecimento global e previsões para que ondas de calor ocorram com mais freqüência e de maneira mais intensa.

Sobre

Maurí­cio MachadoBiólogo e ambientalista, responsável pelo projeto AMAnatureza e articulista com fundamentos e conhecimento para discutir assuntos voltados ao meio ambiente com uma visão crítica, analisando o tema de maneira radical e completa.Ver todas as publicações de Maurí­cio Machado »

Deixar uma Resposta

Você precisa estar logado para publicar um comentário.