ONU discute questões econômicas de mudança climática e prepara substituto do protocolo de Kyoto

Todos os dias publicamos novos conteúdos e conquistamos um número cada vez maior de usuários. A equipe do portal AMA agradece a todos os usuários que acessam constantemente este site, que já é uma referência nacional sobre preservação ambiental e desenvolvimento sustentável. E lembre-se, não basta apenas conhecer os problemas, é necessário agir! Cada um fazendo sua parte, de forma consciente, ajuda a melhorar o ambiente em que todos nós vivemos.

ONU discute questões econômicas de mudança climática e prepara substituto do protocolo de Kyoto

Luana Lourenço
Repórter da Agência Brasil

Representantes de 150 países estão reunidos em Viena, capital austríaca, em uma conferência sobre mudanças climáticas promovida pela Organização das Nações Unidas (ONU). Cerca de mil especialistas vão discutir aspectos financeiros das mudanças climáticas e planejar novas estratégias para diminuir a emissão de gases causadores do efeito estufa.

O encontro servirá como preparação para a Convenção de Mudanças Climáticas da ONU, que será realizada em Bali, na Indonésia, em dezembro deste ano, onde serão definidas medidas sucessoras do Protocolo de Kyoto, que começa a vencer em 2012.

Atualmente, o Protocolo de Kyoto obriga 35 países industrializados a reduzirem em 5% suas emissões de gases em relação aos níveis de 1990. A meta deve ser alcançada até 2012. Grandes poluidores, como China e Estados Unidos, não seguem as recomendações do tratado.

Na abertura da reunião hoje (27), o ministro do Meio Ambiente da Áustria, Josef Pröll, disse que o aquecimento global é um desafio a ser vencido de maneira integrada entre os países. “A luta contra as mudanças climáticas precisa ser ampliada. Nós não temos muito tempo”, defendeu.

A reunião em Viena vai até sexta-feira (31) e o Brasil será representado pelo chefe da divisão de política ambiental e desenvolvimento sustentável do Ministério das Relações Exteriores, José Raphael Mendes de Azeredo e pelo secretário-executivo da Comissão Interministerial de Mudanças do Clima, José Domingos Miguez. O Itamaraty não informou quais as diretrizes da participação brasileira no evento.

Amanhã (28), o secretário-executivo da Convenção de Mudanças Climáticas da ONU (UNFCCC, sigla em inglês), Yvo de Boer apresentará um relatório sobre os investimentos anuais e os fluxos de capitais necessários para frear a mudança climática. Segundo cálculos da ONU, a demanda pode chegar a cerca de US$ 200 bilhões de dólares por ano, o equivalente a R$ 400 bilhões anuais.

Agência Brasil

Sobre

Maurí­cio MachadoBiólogo e ambientalista, responsável pelo projeto AMAnatureza e articulista com fundamentos e conhecimento para discutir assuntos voltados ao meio ambiente com uma visão crítica, analisando o tema de maneira radical e completa.Ver todas as publicações de Maurí­cio Machado »

Deixar uma Resposta

Você precisa estar logado para publicar um comentário.