Reunião da SBPC debaterá sustentabilidade do etanol e mudanças climáticas

Todos os dias publicamos novos conteúdos e conquistamos um número cada vez maior de usuários. A equipe do portal AMA agradece a todos os usuários que acessam constantemente este site, que já é uma referência nacional sobre preservação ambiental e desenvolvimento sustentável. E lembre-se, não basta apenas conhecer os problemas, é necessário agir! Cada um fazendo sua parte, de forma consciente, ajuda a melhorar o ambiente em que todos nós vivemos.

Reunião da SBPC debaterá sustentabilidade do etanol e mudanças climáticas

Luana Lourenço
Repórter da Agência Brasil

O campus da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) receberá de hoje (13) a sexta-feira (18) cientistas, pesquisadores e estudantes para debater energia, meio ambiente e tecnologia, temas da 60ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).

Considerado um dos principais fóruns de debate do país e o maior encontro de ciência da América Latina, o encontro da SBPC deverá reunir cerca de 15 mil pessoas, segundo expectativas da organização do evento. A programação científica inclui em torno de 300 atividades, entre simpósios, mesas redondas, minicursos, encontros de sociedades científicas, assembléias e sessões especiais.

A sustentabilidade dos biocombustíveis, principalmente do etanol de cana brasileiro, estará no centro dos debates da reunião da SBPC. A política nacional de ciência e tecnologia, o desenvolvimento sustentável  da Amazônia, a política brasileira de mitigação e adaptação aos impactos das mudanças climáticas e a interação entre  educação e ciência também estão entre os núcleos temáticos.

Além da programação principal, o encontro agrupa a SBPC Jovem (voltada para estudantes do ensino básico), a SBPC Cultural (com manifestações de artistas da região), a ExpoT&C (com estandes de empresas e instituições ligadas à tecnologia e ciência), a Feira do Livro e a Feira de Artesanato. A Unicamp também abrigará exposição para celebrar os 20 anos do programa de Satélites de Recursos Naturais da Terra (Cbers), parceria entre Brasil e China.

O encontro será aberto hoje, às 19h, pelo ministro de Ciência e Tecnologia, Sergio Rezende, pelo presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Marco Antonio Zago, os anfitriões da reunião, Marco Antônio Raupp, presidente da SBPC, José Tadeu Jorge, reitor da Unicamp, e outras autoridades.

Os ministros do Meio Ambiente, Carlos Minc, das Relações Exteriores, Celso Amorim, e do Esporte, Orlando Silva, participarão de atividades da reunião da SBPC, ao longo de semana.

A reunião de Campinas marca os 60 anos da SBPC, criada em 1948 por um grupo de cientistas, em resposta à limitação das atividades do Instituto Butantã (SP) e aos desmandos políticos sobre os rumos  da ciência. Com forte atuação política, a SBPC tem participação ativa na discussão dos rumos da política científica do país, além de ser responsável pela nomeação de representantes em conselhos nacionais e estaduais ligados à ciência e tecnologia.

Agência Brasil

Sobre

Maurí­cio MachadoBiólogo e ambientalista, responsável pelo projeto AMAnatureza e articulista com fundamentos e conhecimento para discutir assuntos voltados ao meio ambiente com uma visão crítica, analisando o tema de maneira radical e completa.Ver todas as publicações de Maurí­cio Machado »

Deixar uma Resposta

Você precisa estar logado para publicar um comentário.