Novidades do projeto AMA para o mês de agosto
Todos os dias publicamos novos conteúdos e conquistamos um número cada vez maior de usuários. A equipe do portal AMA agradece a todos os usuários que acessam constantemente este site, que já é uma referência nacional sobre preservação ambiental e desenvolvimento sustentável. E lembre-se, não basta apenas conhecer os problemas, é necessário agir! Cada um fazendo sua parte, de forma consciente, ajuda a melhorar o ambiente que todos nós vivemos.


AMAnatureza - Página Inicial

Sistema de refrigeração à energia solar

quinta-feira, 02 de agosto de 2007
Categoria(s): Ciência, Notí­cias
|-> Publicado por: Maurí­cio Machado

Um novo sistema de refrigeração foi desenvolvido no Brasil, e tende a ser uma praticidade com vantagens econômicas, sociais e principalmente ambientais, pois terá como fonte de energia o sol e como componente para resfriação a água, não prejudicando o meio ambiente diferente de antigos sistemas de refrigeração que por emitirem gases poluentes (CFC) prejudicavam a camada de ozônio.

Sobre o sistema:

O novo sistema de refrigeração a partir da energia do sol é capaz de atingir até a temperatura de 7ºC. Contém um coletor solar plano que no interior tem sílica gel, um material que absorve umidade, importante para liberar o vapor que é transformado a partir da evaporação da água pela energia solar. O sol, ao atingir o reator, o calor é penetrado em seu coletor e a sílica é a responsável por expelir o vapor que será direcionado ao condensador, e depois passará por um processo de resfriação (liquefeito) e a água, agora gelada, será acumulada no recipiente, fornecendo a refrigeração necessária.

Atualmente é necessário acionar uma válvula manual de passagem de água quando o calor começa a reduzir, do meio para o final da tarde, fazendo então com que a água seja direcionada para o evaporador, mantendo o funcionamento do sistema. O vapor passa pelo mesmo caminho que passou a água e por isso quando o sol volta a incidir, logo pela manhã, a válvula deve ser fechada para reiniciar o ciclo do sistema.

O objetivo dos pesquisadores é adicionar um controle automático para válvula, não sendo necessário a preocupação diária para abrir manualmente a válvula para liberação da água no fim do dia. Isso poderá ser feito inserindo um sistema solenóide, para a válvula ser operada por energia solar, apresentando, pois, um sistema independente.

Utilização:

O sistema será inicialmente destinado a produtores rurais de leite no Nordeste brasileiro e explicamos sobre esses “clientes” logo a seguir:

Sobre o histórico do sistema, começou a ser planejado em 2002, principalmente devido à nova situação estabelecida pelo Ministério da Agricultura que modificou normas técnicas para a coleta e o transporte de leite em propriedades rurais, criando a lei que determina que todo tipo de leite deve ser refrigerado ainda no local de produção.

Como isso causaria grandes dificuldades para os produtores locais, pois a maioria não tem acesso à energia elétrica ou iriam ser prejudicados tendo de elevar o custo devido ao valor da energia elétrica, foi então que surgiu a idéia do projeto, tornando acessível a regulamentação de acordo com a lei que visa garantir a boa qualidade do leite.

A região:

Pernambuco produz 186 milhões de litros de leite bovino todo ano. A concentração desta produção está principalmente no agreste, com uma totalidade de 71%, o sertão produz 16% e a zona da mata 10%. Esta atividade emprega mais de 80 mil pessoas no estado.

Segundo informam pesquisadores, esta nova tecnologia de refrigeração solar poderá também evitar ou minimizar o êxodo rural em todo o Nordeste, e o sistema é extremamente adequado ao clima da região que matem praticamente todos os dias sendo de céu limpo sendo raro as precipitações ao longo de todo ano.

Custo X benefício:

No momento, se fossem produzidos uma remessa com a quantia de 100 refrigeradores solares, o preço de cada unidade seria aproximadamente 5 reais, assim como informa os pesquisadores sobre a viabilidade do aparelho. Este é um custo abaixo das expectativas, sendo acessível.

Em relação à durabilidade do equipamento, foi previsto para ter uma vida útil de 30 anos, confirmando assim sua qualidade e viabilidade, além de ter uma eficiência já aprovada, pois cumpriria seu papel na refrigeração de leites.

Criadores e idealizadores:

O novo sistema foi projetado e desenvolvido por Ana Rosa Mendes Primo, professora do Grupo de Engenharia Térmica do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), e por Rogério Klüppel, professor aposentado da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Segundo Ana Rosa, projetista do sistema, a empresa paraibana “Solartech”, que pertence a Klüppel (também criador), pretende fabricar o equipamento.

Com a atenção necessária para pesquisas que aperfeiçoem o sistema e mantenha sua boa qualidade, fará com que o projeto cresça e torne-se utilizado em outras regiões do país, podendo ser até exportado e até ser utilizada essa mesma tecnologia em outros equipamentos, como em bebedouros, já que é um sistema importante e não apresenta impactos ambientais.



Sobre o autor: Biólogo e ambientalista, responsável pelo projeto AMAnatureza e articulista com fundamentos e conhecimento para discutir assuntos voltados ao meio ambiente com uma visão crítica, analisando o tema de maneira radical e completa.
RelatedTop

Publique seu comentário

AdsTop
AdsBottom
Receba nossas Novidades
Por e-mail
Artigos e Opiniões

CADASTRADOS: 3746 ON: 2
Seu nome:
Seu e-mail:
Nome do amigo(a):
Email do Amigo(a):
Visual CAPTCHA
  • Carregando...


    Loading...

    Entrar






    Registrar | Esqueceu a senha?

    Faça parte deste projeto!

    simples e rpido. Basta preencher os 2 campos abaixo para fazer parte deste projeto e ainda utilizar todos os recursos do site.





    A senha ser enviada em seu e-mail.
    Entrar | Esqueceu a senha?

    Enviar nova senha





    Uma confirmao ser enviada para seu e-mail.
    Entrar | Registrar
  • Guia Mais São Paulo - O guia mais completo de São Paulo Mais São Paulo - Anuncie Guia Comercial Mais São Paulo - O guia comercial de São Paulo Guia Cultural de São Paulo Strapet