Suframa aposta em turismo rural no Amazonas

Todos os dias publicamos novos conteúdos e conquistamos um número cada vez maior de usuários. A equipe do portal AMA agradece a todos os usuários que acessam constantemente este site, que já é uma referência nacional sobre preservação ambiental e desenvolvimento sustentável. E lembre-se, não basta apenas conhecer os problemas, é necessário agir! Cada um fazendo sua parte, de forma consciente, ajuda a melhorar o ambiente em que todos nós vivemos.

Suframa aposta em turismo rural no Amazonas

Amanda Mota
Repórter da Agência Brasil

Ainda neste semestre, uma parceria entre a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), a Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) e o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam) promete estimular o desenvolvimento do turismo praticado nas áreas rurais do estado.

Trata-se de um projeto-piloto que visa a dar vida ao turismo rural no Amazonas e conta com investimentos iniciais R$ 154,5 mil. As atividades terão início com a capacitação de recursos humanos e com a estruturação de comunidades rurais para viabilidade das ações, que incluem a conscientização local sobre as potencialidades dessa proposta, o treinamento de agentes e de guias, além da criação de um centro de apoio ao turista. Os trabalhos começarão pelo ordenamento da atividade turística no município de Rio Preto da Eva, a cerca de 80 quilômetros de Manaus.

Segundo o superintendente adjunto de Planejamento e Desenvolvimento Regional da Suframa, Elilde Menezes, inicialmente 20 funcionários do Idam receberão treinamento em assistência técnica e extensão rural específica para a área. Motocicletas para uso no transporte de pessoal e equipamentos também serão adquiridas. Ele ressalta que o projeto permitirá o desenvolvimento do Plano de Turismo Rural para a Agricultura Familiar no Amazonas, de acordo com o Programa Nacional de Turismo Rural na Agricultura Familiar.

Estudos da Amazonastur sobre sobre o cenário turístico no estado apontam que Rio Preto da Eva possui condições propícias em termos de potencial agroecológico e por isso foi escolhido como ponto de partida dessa ação.

“O convênio com a prefeitura de Rio Preto já está regularizado. Em breve, haverá um evento para divulgação do projeto. Estamos aproveitando as potencialidades naturais dessas localidades”, informa Menezes, esclarecendo que os municípios a serem envolvidos no trabalho já conseguem manter uma tradição de receber turistas nos fins de semana e feriados.

De acordo com o representante da Suframa, o turismo rural é uma atividade desenvolvida no campo e busca resgatar o patrimônio natural e cultural da comunidade, agregando valor a produtos e serviços. Segundo ele, a atividade encontra-se em plena expansão no país e contribuirá para incrementar a renda da população local.

Menezes explica ainda que para a elaboração do projeto, dados da Amazonastur foram utilizados. Dos resultados alcançados, foram identificados os atrativos potenciais e os equipamentos turísticos de todos os municípios com vocação para o segmento. Além de Rio Preto da Eva, foram incluídos na lista de locais com potencialidades para o turismo rural os municípios de Manacapuru, Iranduba, Novo Airão, Manaus, Presidente Figueiredo, Autazes, Careiro, Tefé e Maués.

“Futuramente, outros municípios poderão receber investimentos. O importante é que estamos iniciando uma nova atividade na região e que pode chegar a outros lugares. E, como o projeto recebe apoio da Suframa, que tem atuação na Amazônia inteira, tudo isso poderá também ser levado para outros estados da região”, conclui.

Agência Brasil

Sobre

Maurí­cio Machado

Biólogo e ambientalista, responsável pelo projeto AMAnatureza e articulista com fundamentos e conhecimento para discutir assuntos voltados ao meio ambiente com uma visão crítica, analisando o tema de maneira radical e completa.

Ver todas as publicações de Maurí­cio Machado »

Deixar uma Resposta

Você precisa estar logado para publicar um comentário.